Como fortalecer sua mente para ter uma vida melhor

Resumi uma aula muito interessante sobre como manter a sua mente inabalável. Espero que goste.

Para você construir uma mente forte , é preciso ter consciência de 2 coisas:
1º – Maestria Emocional

  • Habilidades Socioemocionais
  • Gestão Emocional
  • Inteligência Emocional

2º – Maestria Estratégica

Primeiramente você tem que ter um gerenciamento das suas emoções de maneira muito precisa, e você só consegue fazer isso quando treina essa habilidade.

O interessante é que nós estudamos Matemática, Química , Física, faz pós graduação, MBA, Curso de Inglês , faz um monte de cursos mas não estudamos o que é mais importante. Sabe o que é mais importante do que tudo isso: É VOCÊ

Isso mesmo, é preciso estudar Você ! Como é que você funciona? Como é que a sua mente funciona? Porque é que você surta algumas vezes e em outras mantêm a calma? Como é que você consegue ter uma vida plena. Percebe isso?

Quando você não entende como você de fato age, como você funciona, como é o seu comportamento, você surta e coloca os pés pelas mãos e não adianta você entender sobre Direito , Engenharia, Filosofia e Etc… se você não sabe como gerencia as suas próprias emoções, como é que você se autogerencia e como é que você têm autoconsciência das suas emoções.

Anote essa frase:

A Emoção é o Combustível da Ação

Se você não coloca emoção sobre a sua intenção, sobre a sua vontade e sobre o seu pensamento, você não entra em ação.

Você é o “veículo” e qual é o seu “combustível” ? É a EMOÇÃO.

E por onde você vai? Qual o seu caminho?

Agora é hora de falar sobre a ESTRATÉGIA !

Vamos voltar a falar sobre os 2 Círculos. Em especial sobre o Círculo da Maestria Estratégica.

A estratégia te mostra o ” O QUÊ” , te mostra qual o Caminho que você vai trilhar

A emoção te dá “COMBUSTÍVEL” pra você trilhar esse caminho.

Então estratégia sem emoção é uma INação = Sem Ação , uma Não Ação. Você fica pensando…pensando…pensando….

Isso é o que acontece com uma pessoa que estuda e não consegue nunca colocar a mão na massa, porque não consegue gerir suas próprias emoções para colocar a mão na massa. Não é tão fácil colocar a mão na massa.

Então quando você têm só a estratégia , você acaba não fazer nada, fica só estudando, pensando, vendo pós e contras e em termos de estratégias você está ficando cada vez melhor mas você nunca entra em ação.

Quando você têm só emoção mas você não têm nenhuma estratégia, você confunde movimento com ação.

Isso quer dizer que você entra em movimento, fica lá animado pulando e até diz “ Yeah! Vamos lá pessoal, é isso aí!” , mas você não têm o caminho e todos olham pra você e dizem , “ok, vamos lá! Mas para onde?” .

Então você não têm que ter somente emoção, você têm que ter as 2 coisas,  a Emoção que te dá combustível para seguir e a estratégia que te dá o caminho pra você seguir, e quando você têm a gestão estratégica e a maestria estratégica + a maestria emocional você têm a intersecção entre os 2 Círculos.

Essa Intersecção é a Ação!

Lembrando então…

Quando você têm somente a Maestria Emocional você entra em movimento mas acaba não indo para lugar nenhum.

Quando você têm somente Maestria Estratégica você sabe para onde ir, mas você nunca vai porque você não coloca emoção na sua vontade e na sua intenção.

E quando você têm os 2 você entra em AÇÃO

Mas agora você pode estar em perguntando e dizendo o seguinte:
” Ok, entendi que eu preciso ter esses 2 elementos em minha vida para entrar em ação, mas como é que eu crio a minha estratégia?

A Estratégia é o caminho e a maneira que você consegue usar 3 elementos.

1º Elemento – Os Recursos Internos que você têm

Você precisa reconhecer quem você é e o que de fato você têm.

2º Elemento – Reconhecer o Ambiente Externo

Como é que é o ambiente lá fora

3º Elemento – O Seu Objetivo

Você precisa ter um Objetivo

Quando você junta estes 3 elementos e você faz a melhor receita possível com esses elementos, aí você têm uma ESTRATÉGIA.
Independente se ela é boa ou ruim, esses são os recursos para você ter uma estratégia.

Vamos detalhar mais um pouco sobre estratégia.

Comece se perguntando:

  • ” Como que eu uso os meus RECURSOS INTERNOS….
    -Minha Força de Vontade
  • -Meu dinheiro
  • -Meus Contatos
  • -Minha empresa que já está montada
  • -Meu conhecimento sobre determinado assunto
  • -Etc…

“… para trafegar no AMBIENTE EXTERNO…

  • – O Mercado
  • – Os Concorrentes
  • – A Crise
  • -A Economia
  • -O País que você vive
  • -A Cidade que você mora

“…para alcançar um determinado OBJETIVO.”

Aí você precisa formular qual é o seu Objetivo

Quando você faz essa pergunta, a resposta é a sua ESTRATÉGIA.

Diante disso muitas pessoas acabam dizendo….

” Mas eu não consigo alcançar meus objetivos porque eu não tenho dinheiro!”

Ok, se você não têm esse recurso interno, não conte com ele então.

Agora se você coloca todo o peso de você conseguir chegar no seu objetivo no dinheiro, você não vai chegar a lugar nenhum se você não tiver dinheiro, por isso o dinheiro nesse caso NÃO TÊM QUE FAZER PARTE DA SUA ESTRATÉGIA.

Ok , então como que você chega no seu Objetivo sem dinheiro?

O dinheiro é somente 1 dos elementos que você têm, ele não representa todos os elementos que você têm, pois você têm muito mais recursos internos que pode utilizar.

Qual o grande problema disso?

Muita gente por conta de não conseguir fazer a gestão da sua própria emoção, ela não reconhece quais são seus Recursos Internos e acaba achando que é muito menos do que de fato é.

Eu tenho certeza de que várias pessoas que dizem:

  • – Eu não sei nada
  • – Eu não consigo nada
  • – Eu não presto pra nada
  • -Tudo que eu faço dá errado

O que está acontecendo nesses casos? Essas pessoas têm Recursos Internos incríveis só que não conseguem enxergá-los porque as suas emoções é como um óculos totalmente embaçado que não as deixa enxergar de fato a realidade, e então elas distorcem a realidade, inclusive as suas próprias realidades de quem elas realmente são.

Uma outra coisa, quando elas olham o Ambiente Externo começam a dizer:

  • – Mas o mercado está Péssimo
  • – Está tudo em Crise
  • – A Política está atrapalhando tudo
  • – O Trump vai acabar com o Mundo

Nesse caso o que está acontecendo? Estas pessoas mais uma vez estão vendo o Ambiente Externo pelas lentes embaçadas da emoção por que elas não têm uma boa gestão emocional. Então o ambiente externo também ficam embaçado.

E por último, quando elas falam sobre os Objetivos ou quando são perguntadas sobre os Objetivos, elas dizem…

  • – Ah… eu ainda não sei o que eu quero
  • – Eu quero ser médico, por que meu pai é médico. ( Sem mesmo gostar de medicina)
  • – Eu quero ir pra tal lugar mas não vou colocar isso como objetivo porque não acredito que consigo chegar lá. ( crenças emocionais)

Quando você têm uma gestão ruim das suas emoções, na realidade você têm uma lente muito embaçada e você não consegue ver direito o seu Objetivo, o Ambiente Externo e nem os seus Recursos Internos.

Então antes você determinar os seus Objetivos, analisar o seu Ambiente Externo e analisar os seus Recursos Internos você precisa fazer uma boa gestão emocional.

Pra você ter uma boa Gestão Emocional , é necessário algumas coisas. Uma delas é a Auto Consciência .

Autoconsciência é você ter consciência das emoções que você sente.

Daniel Goleman Autor do Livro Inteligência Emocional diz o seguinte:
” Quem nomeia se apodera”

Quando você nomeia alguma coisa que você está sentindo você se apodera dela.

Então quando você fala, “eu estou sentindo tristeza” , você se apodera da Tristeza, por que você pega aquele sentimento que está dentro da sua mente e do seu corpo e você deu um nome, quando você deu um nome você racionalizou aquilo.

A partir daí você joga tudo isso para o seu neo cortex pré frontal. A partir daí você consegue racionalizar e elaborar a sua emoção e com isso você começa a usar a sua parte racional pra dominar essa parte que é emocional e se age como um Dragão Gigante que quer arrastar e acabar com você.

Então quando você nomeia, você se apodera. Isso é Auto Consciência.

Auto Consciência

Pra você ter auto consciência , você tem que expandir o seu vocabulário emocional.

Imagine o seguinte:
Para algumas pessoas tudo é tristeza. Elas dizem “Eu estou Triste” e na verdade a pessoa está se sentindo nostálgica e diz que está triste, ou se sente solitário e diz que está triste e generaliza isso , mas será que é só tristeza mesmo que ela têm?

Ou então ele fala “eu estou alegre”  e na verdade ele está se sentindo ousado, mas ele fala “eu estou alegre”

Quando você amplia o seu vocabulário emocional o que acontece é que você consegue se apoderar de uma maneira muito mais precisa do seu estado emocional e quem nomeia se apodera.

Então não adianta você dizer que tudo é tristeza, ou que tudo é desgraça, NÃO! Na realidade algumas coisas são Desgraças e algumas são Tristezas, mas algumas coisas são alegrias , outras são fascinação, outras são excitação outras são ousadia.

Uma sugestão de exercício bem legal é o seguinte:

Você vai pegar um dicionário ou até mesmo pesquisar no Google ” Dicionário de Emoções” e você vai pegar uma emoção ( de preferência emoções positivas, como por exemplo ousadia) e você vai ao longo do seu dia trabalhar aquela emoção da ousadia.

E durante esse dia você começa a distinguir o que é ousadia, com isso você vai ensinar a sua mente o que é ousadia e quando você sentir de novo ousadia você vai saber, porque você liberou os neurotransmissores corretos e você identificou quais eram essas substâncias químicas e a partir daí você vai de fato conseguir precisar melhor sua emoção.

Com isso você vai aumentar o seu vocabulário emocional e com isso  você vai aumentar a sua auto consciência, porque alguém que não sabe o que está sentindo não sabe quais são os recursos internos emocionais daquele momento.

Como é que você vai para algum lugar se você não sabe de onde está saindo?
Então na auto consciência você precisa identificar o que está sentindo e com isso aumentar o seu vocabulário emocional.

Auto Gestão

Essa é a segunda coisa dentro do círculo da emoção, a auto gestão é uma gestão emocional.

Imagine o seguinte… Imagine que agora você está com raiva de alguma coisa e aí você se culpa porque raiva não é um sentimento bom, e de fato não é , dependendo do que você faz com essa raiva.

Você não pode ser impedido de sentir raiva, você não pode ser impedido ou se impedir de sentir tristeza, de sentir nostalgia , de sentir pesar.

Não tem como, a emoção ela invade você, pelo menos em um primeiro momento pois você pode se treinar a não sentir determinadas emoções, mas isso é um trabalho que precisa ser desenvolvido e que também faz parte da gestão emocional.

Agora imagine o seguinte… Quando você sente raiva e ela já está instalada, você precisa fazer 2 coisas:
1º Não se apegue a sua raiva, deixe ela passar por você e aja como um observador. ” Olha eu estou com raiva, mas por quê eu estou com raiva ?”

2º Deixe ela ir embora mas não vá embora com ela, uma dada hora ela vai embora e você não precisa ir embora com ela pois ela pode ir para um lugar ruim, um lugar que você não quer ir.
3º Transforme a sua raiva em uma outra coisa. Como assim? Imagine o seguinte… Você está com muita raiva porque um concorrente seu foi lá e tirou um cliente seu , e você ficou com muita raiva.

O que você faz…. Você têm um monte de projetos que você não executou porque não tinha combustível suficiente ( lembre-se que a Emoção é o combustível da ação) , mas agora você têm uma grande quantidade de combustível que é a RAIVA! A raiva é um grande combustível e muito poderoso ( é como gasolina aditivada) .

Você faz o seguinte então, vai usar aquela raiva como combustível e vai pegar aquele projeto e vai colocar ele em prática pois esse projeto vai fazer a sua empresa crescer e com isso você vai deixar seu concorrente comendo poeira, então você vai lá e faz alguma coisa.

Então com isso daí você tem que transmutar o seu sentimento em alguma coisa útil só que para isso acontecer você têm que ter vocabulário emocional. Você têm que saber quais são as emoções que invadem você.

Sofrimento e Desespero

Sabe quando você fica em desespero e parece que nada dá certo e você fica afoito? Desespero é Igual sofrimento sem significado.

Quando você sofre e não vê nenhum sentido naquilo,você por exemplo está em um ônibus muito lotado, você entra em desespero.

Agora se você sofre na sua realidade e diz ” eu estou pegando esse ônibus lotado porque eu estou indo trabalhar e é esse emprego que paga a faculdade da minha filha”,  agora você vê sentido no sofrimento e com isso você não fica desesperado.

Então quando você têm aquela coisa desesperadora e se sente sufocado  e não sabe o que fazer, é porque você não está vendo sentido naquilo.

E como você resolve esse desespero? Basta você dar significado no te sofrimento e se pergunta ” Por quê isso está acontecendo comigo?”. Algumas pessoas vão falar:

  • -É porque eu preciso pagar a faculdade da minha filha
  • -Isso é uma provação que eu tenho que passar pra chegar em outro lugar

Outro exemplo… Uma Academia.

Você nem gosta de academia, mas está lá pegando peso, sofrendo e se pergunta…” qual o sentido disso?” e se responde ” O sentido disso é eu cuidar da minha saúde para ter uma longevidade muito maior e aproveitar a vida por muito mais tempo” isso é um sentido e um significado muito forte.

E você diz ” eu vou continuar fazendo isso pois eu estou vendo o significado disso” e aí você não entra em desespero.

Uma outra coisa é quando você começa a identificar o que você sente e começa a gerir esse sentimento, por exemplo transformando raiva em produtividade, você está fazendo manipulação emocional e isso é algo que você precisa aprender a fazer, pois quando você consegue fazer isso você passa a ter uma vida muito mais tranquila porque você consegue lidar com as emoções de uma maneira muito mais consciente então você não explode, você se controla porque coloca significado no teu desespero ou no seu sofrimento e não foca mais desesperado, você têm autoconsciência e auto gestão .

O 3º ponto é a empatia que faz com que você tenha habilidade social .
Empatia é você se colocar no lugar do outro. Quando você têm empatia , você têm a consciência do sentimento do outro.

Então até aqui você já têm a sua:

  • Autoconsciência
  • Auto Gestão

E quando você se coloca no lugar do outro e entende como é que o outro está se sentindo, você passa a ter a Consciência e a Gestão do Estado Emocional do outro.

Anote essa frase:
” Me ame quando eu menos mereço, pois é quando eu mais preciso”

Isso é muito forte, pois quando você têm autoconsciência,  auto gestão e empatia, você entende o que o outro está sentindo independente do que ele está falando pois agora você não vê mais somente o externo , pois você consegue internalizar aquilo e analisar com calma e clareza o que realmente está acontecendo.

Existe o jogo por trás do jogo e é o que realmente está acontecendo. Se não enxerga o jogo por trás do jogo você se torna um jogador muito ruim, porque você e vai achar que só aquilo que você você vê e escuta é de fato a realidade, e não é.

Então pra isso o que você têm que fazer é ter uma gestão emocional muito precisa, e pra isso você te, que aumentar o seu vocabulário emocional, treinar aumentar o seu domínio sobre as suas emoções e o seu domínio sobre o seu comportamento, entender  como você funciona de fato.

Por isso é muito importante estudar e aprender a gerar as emoções e não somente aprender conhecimentos teóricos como química, física e matemática por exemplo.

A maioria dos homens vivem em um sereno desespero
Henry David Thoreau

Por quê que você não pode viver uma vida incrível, uma vida extraordinária?

Vida extraordinária não têm nada a ver com dinheiro, com o carro ou a casa que você mora. Têm a ver com você estar inteiro dentro de você e não partido ou pela metade.

A maioria das pessoas vivem pela metade , elas vivem com as frustrações e aparentando aquilo que elas não são, e por quê que você não pode aparentar exatamente aquilo que você é, não pode transformar a sua aparência igual a sua essência onde aquilo que está do lado de fora é igual aquilo que está do lado de dentro e não viver com máscaras.

Aparência e essência as vezes estão distantes quanto Brasil e Japão, e por quê isso?

Porque você têm medo de julgamento e a sua mente está completamente embotada pelas suas emoções e muitas delas ruins e desempoderadoras.

Você precisa descobrir aquilo que te move. O que de verdade te move? O que de verdade te impele e te faz dizer ” Eu vou fazer isso”

Então como você consegue ser impelido a uma meta incrível.

1ª Coisa que você precisa descobrir é o que te faz prosseguir em frente. Pode ser por exemplo o amor que você têm pelos seus filhos.

Imagina o seguinte… Você está lá , pensando o que vai fazer e de repente se pergunta ” o que me motiva? o que realmente me coloca pra frente? ”  e se responde ” o amor pelos meus filhos me coloca pra frente “ e então você começa a fazer o seguinte…

Você vai e senta em um lugar silencioso e começa a lembrar desse amor, começa a construir esse sentimento dentro de você e começa a mudar o seu estado emocional. Começa a lembrar…” os meus filhos, eu amo tanto eles, e aquele dia no parquinho a gente estava juntos.! Eu não tive condição de fazer uma faculdade e eu quero dar uma boa faculdade pra eles.” e você começa a juntar esse sentimentos, e é normal se você começar a chorar nesse momento pois as lágrimas exprimem aquilo que não cabe dentro da alma.

Tudo isso é emoção e então você vai e direciona essa emoção. Você pode ter raiva do seu passado e dizer ” eu não quero voltar pra aquele lugar” e você vai canalizar isso pra SUA META.

Agora sua meta têm muita emoção, está carregada de emoção e você cria âncoras emocionais colocando fotos em um quadro ou mural por exemplo e olha todo dia pra essas fotos que representam suas metas.

Depois disso o que você se pergunta: ” O que que eu preciso pra chegar no meu Objetivo com os Recursos Internos que eu tenho no Ambiente Externo que eu estou?” e agora você vai para a estratégia.

Agora você sabe qual é o objetivo, e o Objetivo está carregado de emoção e você agora começa a olhar para seus recursos internos, começa olhar para o ambiente externo de oportunidades e ameaças, você cria a sua estratégia e se move pela estratégia, começa a caminhar.

Porque se você não têm emoção e não coloca emoção , você começa a desistir muito fácil, se você não têm um propósito , é difícil você se mover.

Pra que que serve um propósito, pra que que serve aquela coisa maior, a sua missão de vida? A única coisa que ele serve é para te manter de pé quando a situação estiver muito difícil.
Se o seu propósito é ganhar dinheiro ele vai acabar rapidinho porque aquele dinheiro acaba não valendo a pena diante da dor.

Agora se o seu propósito é pagar a faculdade dos seus filhos, ajudar seus pais, ajudar  a humanidade, é mudar a vida da sua comunidade, aí o seu propósito é maior do que você.

Quando você têm um propósito que é maior do que você, você se agarra a algo muito maior e aí sim, você consegue de fato vencer aquela dor da caminhada empreendedora ou a de qualquer caminhada pois toda caminhada gasta energia, porque você sabe exatamente o porque você está seguindo , você não está seguindo a esmo e sabe exatamente o por quê.
Isso é um princípio de uma mente forte, você ter um propósito elevado e muito maior do que você.

Se você precisa de ajuda para implementar as dicas acima ou se deseja simplesmente fazer o seu negócio crescer, fique à vontade para falar comigo.

Eu tenho um objetivo pessoal de fazer com que você e seu negócio sejam um sucesso. 🙂

Salvar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here